FAQ

P:.Qual a sua abordagem?

R:. Minha especialização em clínica é pela Psicologia Analítica de Carl G. Jung, na qual trabalhamos com os conteúdos simbólicos trazidos pelo inconsciente. De forma paralela, me habilitei em terapias somáticas focadas no tratamento do estresse, agudo ou crônico como o Transtorno do Estresse Pós-Traumático (TEPT). São distúrbios somato-emocionais que impedem que a plenitude aconteça em sua vida. Dentre essas metodologias psicoterápicas que funcionam com base na fisiologia ou no reprocessamento cerebral de memórias disfuncionais, estão a Experiência Somática (SE®), a Psicologia Somática Integral (ISP), o Brainspotting e o EMDR. Mas além delas, atuo com a harmonização biofísica do cérebro e do sistema nervoso, através indutores e moduladores frequenciais quânticos, que têm a capacidade de dar suporte orgânico às mudanças psíquicas.

P:.Qual a diferença entre essas terapias, qual é a mais eficaz?

R:. Cada uma aborda separadamente uma parte importante do corpo e mente. Talvez a principal diferença seja que, a terapia vibracional quântica irá acompanhar o paciente no dia a dia através dos infocêuticos, e produzirá efeitos de harmonização a nível celular e energético. As outras serão realizadas por encontros regulares em consultório ou de forma remota. Quando possível, utilizo das três abordagens integrativamente, de forma a obter os melhores resultados para os pacientes. Então, existe o processo terapêutico relacional, que pode ser otimizado pelos métodos somáticos e o aporte vibracional. E é isso que ofereço na minha prática.

P:.Quanto tempo leva?

R:. A duração de um processo terapêutico pode variar, dependendo do interesse de autoconhecimento do paciente e do método empregado. Desse modo, não há como prever o prazo necessário para se atingir a cura desejada. De minha parte, lhe oferecerei com os melhores recursos disponíveis, o que certamente irá despertar em você suas melhores possibilidades. Como a prática tem mostrado, a integração de métodos leva a resultados mais consistentes e em menos tempo do que usando uma única abordagem. O que antes levaria anos para gerar resultados, poderá ser conseguido em meses.

P:.Como posso saber de qual vou precisar?

R:. Em nossa primeira sessão, receberei notícias de suas necessidades e lhe informarei como poderei ajudar. Todos os recursos disponíveis lhe serão apresentados e suas dúvidas respondidas. Como a proposta é aliar as vantagens de cada uma, talvez não precise escolher um único tipo, a não ser que sua demanda seja muito específica. Nessa conversa preliminar isso ficará mais claro para ambos. Caso deseje algo menos compromissado, num modelo semelhante ao da medicina tradicional, poderá consultar pela terapia vibracional separadamente.

P:.Que problemas poderei tratar?

R:. Hoje se sabe da grande incidência das moléstias psicossomáticas, as que começam com pensamentos negativos, estresse continuado e traumas, e que repercutem no corpo (soma), mesmo sem um vínculo genético direto. Entre elas, gastrites, impotência, e a SFM - Síndrome Fibromiálgica. Sintomas como a baixa autoestima, medos e fobias, transtornos de humor, ansiedade por desempenho, traumas emocionais e desportivos, obtêm ótima resposta ao tratamento. Além deles, podemos otimizar a performance de atletas e de artistas de palco, como cantores, atores e dançarinos.

P:.Quanto tempo levarei para obter resultados nesse tratamento?

R:. Lidaremos com seu psiquismo individual, mas com atenção ao sistema nervoso, que é inconsciente para nós. Ele aprende com cada uma de nossas experiências de vida, e cria filtros que nos protegem de tudo que nos colocaria em risco. O sistema nervoso autônomo desenvolveu defesas de autoproteção que estão aí por uma razão muito importante: preservar nossa segurança. Faremos o trabalho no ritmo em que você se sinta seguro(a) e confortável. Mesmo assim, os resultados aparecerão em muito menos tempo do que imagina.

P:.Por que não ouvi falar disso antes?

R:. Porque provavelmente você só se recorda das linhas psicológicas desenvolvidas por teóricos do século passado, entre elas a Psicologia Analítica de Jung que emprego. No entanto, as abordagens somáticas desenvolvidas há poucas décadas são muito eficientes, ainda que muito pouco conhecidas do grande público. O tratamento vibracional é ainda mais recente, mas já se mostra bastante consistente e seguro.

P:.Como posso ter certeza de que vai funcionar comigo?

R:. A psicoterapia de Jung, apesar de contar muitas décadas, é extremamente atual ao lidar com as demandas do inconsciente individual e coletivo. Das metodologias somáticas, há pesquisas no mundo todo atestando a eficácia de seu uso, não por algumas pessoas, mas por milhares delas. E a terapia vibracional quântica vem sendo validada por diversos médicos atentos, que já a empregam com sucesso em seus tratamentos, para otimizar as respostas do organismo. Mesmo assim, sua participação no seu processo de cura é imprescindível. Só não funciona quando se opõe resistência pelo medo de sofrer, ou quando se vem ao consultório pela sugestão de outra pessoa e não pela vontade própria.

P:.Como saber se passei por um trauma?

R:. É improvável que se encontre alguém que nunca tenha passado por trauma, mesmo que de pequeno porte. Todos eles se originam de situações de estresse, e alguns de luta pela sobrevivência. Existem na verdade, infinitas gradações de trauma sofridos ou presenciados (que também traumatizam o observador): catástrofes, situações violentas no dia a dia, crimes, assaltos, sequestros, perdas materiais, de emprego, de relacionamentos, ou de pessoas queridas, cirurgias com sequelas, convivência familiar sem a devida afetividade e respeito, violência psicológica, assédio ou Bullying... São tantas gradações de estresse que podem se tornar traumáticos. Mas que, se tratados e superados, aumentam a resiliência, desenvolvem a anti-fragilidade e a força perante os desafios da vida.

P:.E o que acontece quando eu trato um trauma?

R:. Você se libera dessa amarra, e seus níveis de energia, saúde e vitalidade aumentam, ficando disponíveis para outras atividades e interesses. Várias questões, até agora tratadas paliativamente pela medicina, se relacionadas a esse trauma, desaparecem ou melhoram substancialmente.

P:. Quanto tempo se leva para tratar um trauma?

R:. Dependerá do tempo de exposição ao fato gerador. Os mais simples e breves para tratar são os eventos atuais em que se conhece a causa. Já situações vivenciadas desde a primeira infância ou antes do nascimento, ou repetidas por meses ou anos sem que se pudesse escapar, gera estresse acumulado que pode ter-se juntado a outros episódios, tornando o trauma complexo. Esse acúmulo pode estar provocando dificuldades como baixa autoestima, falta de autonomia, e até doenças. Sua disposição em tratá-los também se relaciona com os resultados. O medo de sofrer novamente, normalmente é o que impede que se busque a ajuda necessária. Mas quando perceber que, em cada sessão os progressos e alívio são sentidos, sua confiança permitirá ir mais além.

P:.Como são as sessões?

R:. Serão atendimentos semanais, com até 60 minutos cada. Caso tenha dificuldades com esse modelo, pode-se realizar sessões quinzenais de 90 minutos. Na abordagem analítica, exploramos os símbolos e outros sinais emergentes da psíque, como os sonhos. Nas somáticas, os conteúdos constrangedores sobre a experiência não precisam ser expostos, pois lida-se com as sensações presentes no corpo, trazidas pelas memórias do tema abordado. Já o atendimento com as essências vibracionais quânticas se faz por uma consulta de 30 minutos, presencial ou remota e acompanhamento periódico, semelhante ao modelo médico.

P:.Trabalham com convênio?

R:. Atendimentos particulares e convênios por meio de reembolso.

P:.E quanto custa?

R:. Posso lhe assegurar que o que chama de “custo” será muito menor, se comparado a métodos tradicionais que conheceu até aqui. Talvez devesse se perguntar: “quanto me custa continuar vivendo com esse sofrimento”? Para mais informações e agendamentos utilize o ícone de WhatsApp à direita.